Muhammad Hassan: Demitido por desempenhar muito bem o seu papel

Muhammad Hassan, um talento que ninguém esquece. Saiba como ele foi demitido pela WWE por desempenhar – e muito bem, o seu papel.

Muhammad Hassan. Este é um nome que poucos lembram, mas um talento que ninguém esquece. Hassan impressionava a qualquer pessoa que trabalha no wrestling e todos sabiam que ali estava um futuro ícone. Sua gimmick (um americano que deixou o país e queria justiça pelos ataques do 11 de Setembro) tirava heat de todos na arena. Seu carisma e suas habilidades não deixavam a desejar e eram uma das melhores na época.

Muhammad Hassan
Hassan teve grande destaque após seu debut, aparecendo constantemente em shows (principalmente para interromper promos, o que fazia dele um ‘ser superior’, por não se influenciar em ícones pops). Hassan estava cada vez mais over, chegando a ter uma breve feud com Hulk Hogan. É, não é qualquer um que pode ter uma feud com o esmagador de talentos. Hassan também chegou a derrotar Batista e com certeza víamos um futuro World Champion ali. Eis que Hassan começa sua feud com The Undertaker (idealizada pelo próprio Undertaker, o qual foi um dos treinadores de Hassan no início). Chegamos ao fim da carreira deste jovem promissor.

Em julho de 2005, Teddy Long marca Hassan vs. Undertaker para o The Great American Bash, mas naquela noite, Daivari (manager e tradutor de Hassan) deveria enfrentar o Deadman. Daivari foi derrotado rapidamente, mas após a luta Hassan apareceu. Ele se ajoelhou na rampa e fez um tipo de oração, enquanto cinco homens mascarados apareceram e atacaram Undertaker. Os homens vestiam roupas típicas de soldados iraquianos. Eles tinham alguns bastões e cordas e dominaram Undertaker. Hassan foi ao ringue e colocou Undertaker no ‘Camel Clutch‘, enquanto os homens ajudavam Daivari. O segment acabou e até tudo estava bem. Três dias depois, horas antes do episódio ir ao ar, houve o ataque a cidade de Londres. Sem tempo para editar o show, a UPN exibiu o segment, mas com diversos avisos para demonstrar o kayfabe da situação.

O angle que parecia inocente, teve uma repercussão enorme em vários programas e jornais. Em resposta a isso, a UPN proibiu que Hassan aparecesse no show naquela semana. Hassan fez uma promo ao vivo no dia 14 de julho, numa gravação da Smackdown, mas quando a UPN anunciou que o segment seria cortado, a WWE decidiu colocar no seu site o segment. No segment, Hassan respondeu as críticas e afirmou que estava ali para se defender do terrorismo e da injustiça. Hassan falou sobre todos que falaram mal dele e chegou a deixar seu personagem durante a promo. Essa promo também teve grande repercussão e a WWE colocou um angle durante outro Smackdown, explicando a ausência de Hassan naquela semana.

No final de julho, a UPN pressionou a WWE para tirar Hassan do show e ele foi oficialmente removido da Smackdown. Hassan perdeu para o Undertaker no Great American Bash e foi demitido em setembro daquele mesmo ano. Após isso, apenas cinco anos depois Hassan voltou a lutar. Talvez essa seja uma das maiores perdas para a WWE, que colocava muita fé no talento dele.

Publicidade

Publicidade


O site WWEBrasil.com.br foi criado com a proposta de fornecer ao leitor os melhores artigos sobre pro-wrestling, em especial sobre a WWE.

Leia também