Histórias do Pro-Wrestling

Várias histórias, shoots e quebras de kayfabe já aconteceram no mundo do pro-wrestling. Conheça várias dessas histórias.

Muitas vezes, lemos e ouvimos histórias e anedotas relacionadas ao mundo do pro-wrestling que parecem ser bizarras para nós. Muitas vezes, mais drama ocorre na vida real dos superstars do que nos ringues.

Às vezes, as melhores lutas e confrontos acontecem nos bastidores. Existem várias histórias que se tornaram lendas urbanas no universo do pro-wrestling. Nesse artigo, vamos compartilhar essas histórias.

Publicidade

Goldberg vs. Chris Jericho

Y2J vs Goldberg
Coluna Calgary Sun de Bret Hart
Por: Bret ‘The Hitman’ Hart


De acordo com a enquete em meu site, algumas de suas colunas favoritas escritas por mim, são aquelas que envolvem histórias por trás das cenas sobre lutadores. Aqui está uma que ouvi na semana passada que me lembra David e Golias.

Fazendo o seu retorno aos ringues, Bill Goldberg, famoso por sua incrível sequência invicta de vitórias na wCw. Sem falar que foi o cara que acidentalmente me chutou na cabeça em Dezembro de 1999 e causou o fim da minha carreira, graças a uma concussão.

Ele me chutou como um cavalo selvagem, e literalmente tirou minha cabeça de cima dos meus ombros. Eu ainda tenho uma lesão no músculo do meu pescoço graças a isso, que nunca vai melhorar, para provar o quão forte foi o golpe.

O ex-treinador do Atlanta Falcons, que treinou Bill Goldberg, me disse que se ele tivesse um time inteiro de Goldbergs, ele iria vencer o Superbowl todos os anos.

As pessoas me perguntam se, por vezes, as tensões no ringue podem se tornar brigas sérias nos vestiários. Normalmente não, porque ninguém quer lutar e se machucar – e não ser pago por isso. Porém, às vezes, as melhores lutas acontecem nos vestiários.

Um incidente aconteceu algumas semanas atrás, quando Goldberg fez algumas observações menos gentis sobre o jovem Chris Jericho. A capacidade de luta de Goldberg, muitas vezes lembra a de um gorila em comerciais antigos. Ele tinha uma tendência a ferir todo mundo com quem trabalhou e levou sua própria publicidade a sério demais.

A única coisa que Bill Goldberg esqueceu de levar em conta, é que Jericho foi treinado na escola de meu pai. Embora eu não tenha a certeza que Jericho não tem a pretensão de ser um “atirador”, ele tem uma decente história no wrestling. Como também entendo que se Chris se aproximou de Bill no camarim e perguntou-lhe se ele poderia sair no corredor, onde eles poderiam conversar em particular.

Cabeças mexeram quando Bill de repente encarnou seu personagem, rosnando como ele faz na televisão. Goldberg de repente segurou Chris pelo pescoço com muita raiva. O pequeno Jericho, que está longe de ter o tamanho de Goldberg, despreocupadamente lutou com ele até o jogar no chão, o segurando em um bloqueio de face frontal (- front face lock, que é o último recurso para cara “atirador” e é comparado com uma armadilha para urso.

Por vários minutos, Goldberg fez tudo que podia para sair, mas Jericho, o segurou firmemente. Essa foi a história em que Chris Jericho venceu Bill Goldberg nos bastidores, na frente de todo mundo. Um choque de realidade para Bill Goldberg – que merecia isso há muito tempo. Talvez Goldberg deveria vir até Calgary e passar algum tempo com Stu para aprender como lutar.

JBL vs. The Blue Meanie



No ECW One Night Stand 2005, durante o brawl que fechou o show, o ex-lutador da ECW The Blue Meanie e o lendário ex-lutador JBL, trocaram alguns golpes mais “pesados”, com JBL levando a melhor.

Fotos e testemunhas revelaram após o show que JBL acertou uma grande quantidade de golpes no rosto de Blue Meanie, abrindo alguns pontos que ele havia recebido um dia antes.

O incidente então tem sido um dos temas mais polêmicos a rondar na internet, quando o assunto são controvérsias na WWE. Em entrevista ao WWE.com, JBL falou pela primeira vez:

“As pessoas não sabem o meu lado da história, por isso estou contente pela chance que o WWE.com está me dando”, disse JBL. “Mas eu não tenho certeza de que alguém irá acreditar em mim. Eu estou realmente surpreso com todo esse alvoroço quanto a isso e gostaria que eu nunca fosse associado a tal fato, e também que isso nunca tivesse acontecido”.

Muitas fontes na internet indicam que JBL e Blue Meanie tinham algumas diferenças durante a estadia de Meanie na WWE em 1998, 1999 e parte de 2000, e que esses problemas culminaram no incidente do pay-per-view da ECW.

“O incidente com Meanie não teve nada a ver com algo passado, eu nem sequer conheço o cara”, disse JBL. “Eu sei que ele trabalhou aqui, mas eu nem me lembro de trabalhar com ele. Eu não me importo nenhum pouco com uma pequena criança gorda.”

Meanie, que trabalhou com na WWE de outubro de 1998 a junho de 2000, acha que é impossível que JBL não lembre da época em que o ele trabalhou na WWE.

“Ele está mentindo, ele se lembra de mim,” Meanie disse ao WWE.com. “Do meu primeiro ao último dia, JBL nunca gostou de mim. Talvez tenha sido porque eu não sou um jogador de futebol All-American ou talvez porque meu corpo não era esculpido em granito.”

“Eu gostei do meu tempo na WWE, eu amei o trabalho e comecei a ver o mundo”, Meanie continuou. “Eu gostei de tudo em relação ao trabalho, exceto JBL”. Quando fui demitido, eu estava realmente feliz por não ter que vê-lo mais, pra terem uma noção de como ele havia deixado deprimido.”

Aqui está a versão de JBL dos momentos finais do pay-per-view:

“Antes do brawl, ele começa uma promo em relação a mim, dizendo que eu fui o motivo pelo qual ele foi demitido e a única razão pela qual eu cheguei onde estou é porque eu [censurado] Vince McMahon. Eu não podia acreditar,” disse JBL. “Eu achei que era o fim ele achar uma coisa assim. Então eu comecei a ”trabalhar” com ele no final, e aqui estamos nós tentando dar explicações aos fãs pelo porque medimos forças no corpo a corpo.”

“Nos backstages, eu perguntei a ele se ele queria terminar aquilo logo ali”, JBL continuou. “Ele me disse que tudo era um show e que ele não queria brigar. Ele praticamente saiu correndo.”

Meanie, como se poderia esperar, tem uma visão muito diferente do que aconteceu.

“Eu estava trocando socos com todos, era o que era para ser feito no momento”, disse Meanie. “O VT não mente. Ele foi direto para mim e me bateu quando eu não estava olhando. Ele ainda tentou puxar minha camisa sobre a minha cara e ter uma daquelas lutas de hóquei. Ele queria se vingar por todas as coisas que eu já disse a respeito dele,” disse Meanie , referindo-se a entrevistas antigas em vários sites em que Meanie chama JBL de profissional em “bully”.

“Eu tentei afastá-lo o máximo possível, mas nesse ponto, eu também estava tentando proteger os 14 pontos que eu tinha na parte de trás da minha cabeça graças à noite anterior”, Meanie acrescentou. “Ele é um cara grande de verdade e não havia muito o que fazer”.

JBL afirma que quaisquer acusações de Blue Meanie com relação ao seu trabalho com a WWE são ridículos.

“Aparentemente, ele me culpa por ser o responsável pela sua demissão”, disse JBL. “Eu não tenho esse tipo de poder, e mesmo se eu tivesse, eu não iria usá-lo com ele. Eu realmente não dou a miníma pra esse cara. Eu não me importo se ele irá lutar de novo, não me importo se ele se tornar um World Heavyweight Champion. Bater no Blue Meanie não me beneficia de maneira alguma. Ele só me faz parecer um completo idiota por bater em um garotinho.

Em sua parte, Meanie está tentando acabar com o incidente. “Para mim, é realmente muito triste. JBL era pra ser um dos principais caras da WWE”, disse Meanie. “Ele deveria liderar pelo exemplo, não pelo medo.”

Paul Heyman, que você pode se lembrar, naquela mesma noite, trocou algumas palavras duras com JBL durante o One Night Stand, certamente não está surpreso com a atenção que esse incidente chamou.

“Eu não estou surpreso que o incidente entre JBL e Blue Meanie ainda está gerando tanta conversação ainda”, disse Heyman ao WWE.com. “A estrela que está no topo do SmackDown, um ex-WWE Champion, bateu no bobo da corte da ECW com seus melhores golpes e não conseguiu nocauteá-lo? Isso é como The Sandman bater em Howard Finkel e Howard ir embora como se nada tivesse acontecido.

Além disso, Heyman disse que não se importaria de ver os dois resolverem suas diferenças no ringue. Na verdade, Heyman pergunta o que a WWE está esperando para que isso aconteça.

“É muito divertido que o cérebro do SmackDown ainda não pensou em fazer algo com JBL e Meanie ou pediu para Vince McMahon permitir essa luta em algum show televisivo ou até mesmo em um pay-per-view,” disse Heyman. “Se eles não têm a visão, a ECW certamente têm, eu até poderia fazer essa luta na ECW, em qualquer estipulação, até proponho que os dois lutem nas ruas de Nova York com direito a transmissão no ECW.com! Depois de conseguir silenciar sua crítica mais dura, eu acho que JBL deveria provar se há mais alguma coisa por trás do “Wrestling God”.


Great Antonio vs. Inoki



Em torno dos 4 minutos do vídeo, Great Antonio para de “vender” todos os golpes que Inoki acerta nele e começa a acertá-lo com golpes legítimos. Então Inoki, extremamente irritado, começa a acertá-lo com golpes legítimos também, a luta real começa por volta de 04:25.

Perry Saturn vs. Mike Bell



Pobre Mike Bell. O jovem era um dos mais dedicados superstars da WWE, mas não teve tanta sorte na mesma. Bell entrou para lutar contra Perry Saturn assim como entraria para qualquer outra luta. Pronto para “jobbar” para Saturn. Mas desta vez foi diferente. Depois de um golpe mal feito, Saturn rapidamente levantou-se e foi atrás de Mike Bell. Depois de golpear Bell, ele o jogou violentamente para fora, quase machucando seriamente o jovem. Lá, ele pegou Bell e gritou “você acertou minha cabeça”. Saturn continuou e jogou Bell contra as steel steps. Os oficiais da WWE não ficaram felizes com Perry Saturn, mas pelo menos ele manteve seu trabalho. Mike Bell por outro lado, nunca teve a chance de corrigir a situação. Infelizmente, Mike Bell faleceu alguns anos depois.

Publicidade

A.P.A (Bradshaw e Farooq) vs. Dean Malenko e Perry Saturn



Essa luta aconteceu exatamente uma semana após o incidente envolvendo Saturn e Mike Bell, com raiva pelo que Saturn havia feito com Bell, Bradshaw e Farooq aplicaram um powerbomb com uma força incrível, como uma espécie de vingança por Bell.

Hulk Hogan vs. Shawn Michaels



Shawn Michaels concordou em perder para Hogan no SummerSlam com a promessa de que Hogan iria perder para Shawn em uma próxima luta entre os dois. No entanto, pouco tempo antes do SummerSlam, Hogan disse a todos que iria “voltar a atuar” e usou isso como uma desculpa para não perder para HBK em uma rematch. Eis, que então, Shawn Michaels teve a ideia de humilhar Hogan nessa luta, fazendo ele parecer ridículo, o que realmente aconteceu.

HBK vs. Vader



Shawn Michaels quebrou a kayfabe em uma luta quando chutou a cabeça de Vader de verdade, após o mesmo esquecer de posicionar corretamente para HBK realizar um golpe. A partir de 03:23 no vídeo.

Regal vs. Goldberg



William Regal se recusou a perder rapidamente para Bill Goldberg e foi demitido. Regal disse que não estava se recusando a perder perder para Goldberg, mas sim fazendo com que ele trabalhasse do modo antigo, não apenas entrando no ringue, usando seus golpes característicos, ganhando e saindo do ringue. Naquela altura, Goldberg estava vencendo todos seus combates em coisa de 1 minuto, eis que então Regal o forçou a lutar da forma antiga, fazendo-o se esforçar para ganhar uma luta.

Sting vs. Jeff Hardy

Jeff Hardy vs Sting
No Victory Road, todos estavam ansiosos para Sting vs Hardy, então Hardy vem ao ringue totalmente fora de si, sem saber quem ele era ou ao menos o que estava fazendo – em câmera lenta.

Nos backstages, Eric Bischoff sussurrou na orelha de Sting para que o mesmo vencesse Hardy rapidamente. Foi o que Sting fez. A torcida vaiou e ficou realmente furiosa por tão terrível que a luta foi, Sting também apareceu nas câmeras dizendo como ele estava furioso.

Sting tinha recusado o que seria a maior luta do WrestleMania daquele ano – contra Undertaker, e ficou ali para aquela luta.

Billy Kidman vs. Brock Lesnar

Kidman ficou nervoso com Lesnar depois do mesmo usar o Shooting Star Press (finisher de Kidman) contra Kurt Angle no WrestleMania, quando Lesnar chegou aos backstages, eles tiveram uma grande discussão, antes que a situação terminasse pior, os agentes os separaram, apaziguando os ânimos.

Taz & Tommy Dreamer vs. Green Day

Por: Tazz.

Estávamos trabalhando em tampa (provavelmente 93 ou 94) para a Eastern Championship Wrestling … (antes se tornar extreme) ECW. Como a maioria de vocês sabem, Tommy e eu éramos grandes amigos e nós viajávamos juntos e, obviamente, ficávamos nos mesmos hotéis a maior parte do tempo.

Então, por volta de 3 da manhã, eu não conseguia dormir, então deixei meu quarto para usar o telefone público no hall de entrada do hotel. Então uma van para em frente ao hotel e vários adolescentes saem dela loucos, bêbados e fora de si. Eu estava sentado no saguão assistindo aqueles patetas tropeçarem enquanto lia um antigo jornal enquanto tomava um suco Skoal em um copo. Dreamer acabou aparecendo, Deus sabia porque ele havia aparecido (risos).

Tommy viu aquelas “crianças” fazendo o que estavam fazendo e ficou tão nervoso quanto eu, porque eles estavam ofendendo a jovem atendente porque ela não encontrou a reserva deles e eles não poderiam ficar ali. Eles começaram a chamá-la de vários nomes e começaram a agir como verdadeiros palhaços e cada vez mais deixando tanto a Tommy quanto a mim nervosos. Havia cerca de 8 caras no total, olhei pro Tommy e disse: “Você está pronto? e ele respondeu “Sim!” fomos até eles e dissemos para eles relaxarem porque a menina estava com medo, então o cara mais louco dali (que era o menor cara e tinha o cabelo verde) caminhou até nós e disse pra ficarmos na nossa. Eu ri na cara dele e disse que ele e seus amigos acabariam indo para a sala de emergência em Tampa se eles não ficassem quietos e fossem embora.

Ele recuou e disse que Tommy e eu estávamos em desvantagem e Dreamer disse que ele precisava de mais caras, o que foi hilário. Enquanto isso, a atendente deve ter batido em um botão de polícia ou coisa parecida, porque vários policiais chegaram lá em poucos minutos. No dia seguinte, Tommy e eu estávamos arrumando as malas para ir até a arena, eis que surge a MTV no saguão fazendo uma reportagem sobre uma nova banda que iria fazer sucesso, quando então eu olho pra eles e vejo o carinha com o cabelo verde e os outros, era a banda Green Day.

Jim Cornette vs. Santino Marella

Este foi o tapa que fez com que Jim Cornette fosse demitido pela WWE em 2005. Santino era um cara “indy” que foi trazido para as gravações da OVW para ser um torcedor plantado no meio da multidão e ter medo do Boogeyman, interpretado por Marty “Liar” Wright. Em vez de agir com medo, Santino riu e estragou a cena. Cornette ficou naturalmente chateado e foi aos backstages, ordenou que Santino fizesse o mesmo, Chegando lá, ele começou a esbofeteá-lo mais de uma dúzia de vezes. Santino não fez nada, de forma inteligente, sabendo que se ele fizesse algo, sua carreira na WWE não iria nem começar. Ele fez uma queixa a WWE, e Cornette foi demitido.

Umaga vs. Steve-O (Jackass)



Começou como qualquer outra luta. No fim, Steve-O, depois de ser atacado por Umaga, começa a rir, então Umaga volta ao ringue e aplica alguns golpes com a intenção de machucar Steve-O. O mesmo teve que ir para o hospital após isso.

Rick Ruder vs. The Ultimate Warrior

Em 1990, Rude voltou após uma luta e disse para Ultimate Warrior “acordar” um pouco. Warrior então olhou para sua cara e disse “Eu não tenho que fazer isso, eu sou o “Warrior”. Então Rude o nocauteou com apenas um soco e saiu andando.

The Big Show vs. The Great Khali

Em 2009, Big Show e Khali tiveram uma briga nos backstages. Big Show estava nervoso porque Khali estava “roubando” seu moveset. Eles discutiram e Show deu um soco que foi bloqueado por Khali. Big Show então caiu e Khali terminou por cima, então a briga foi separada após vários wrestlers chegaram, inclusive Undertaker. A maioria dos relatos culpam Big Show por perder a paciência.

DDP vs. Scott Steiner

Scott Steiner é conhecido nos backstages por ser um legítimo “bom de briga”. Kimberly Page começou a iniciar rumores sobre Steiner e o mesmo foi tirar satisfações. DDP então foi até Steiner para protegê-la e Steiner acabou com ele. De acordo com Lance Storm, que estava ali para separar a briga, se ele não tivesse chegado ali a tempo, DDP ficaria no hospital por um bom tempo.

Eddie Guerrero vs. Kurt Angle

Angle estava trabalhando com Guerrero e Guerrero tinha tido problemas e estava deixando a desejar no ringue. O reflexo disso foi a lumberjack match entra os dois em 2004, em que acontece algo comGuerrero e ele para de lutar e vender golpes por um minuto inteiro. Angle fica cara a cara com Guerrero nos backstages e diz que ele precisa estar com a cabeça na luta, o que se transforma em uma briga onde Guerrero leva a pior, em seguida, Johnny Ace os separa e Vince começa a falar com ambos.

Daniel Puder vs. Kurt Angle



Nessa luta de wrestling amador, alguns lutadores como Daniel Puder, enfrentariam Kurt Angle, o objetivo deles era vencer Angle ou ficar o maior tempo possível antes de perder para o mesmo. Começada a luta, Angle decide acabar e então Puder, que estava decidido a dar seu melhor para ter certeza de que Angle não o venceria, aplica um Kimura (que é ilegal no wrestling amador) e tenta quebrar o braço de Angle.

No wrestling amador, você só precisa de 1 count para vencer, e enquanto Kurt conseguiu derrubar Puder, o juiz pensando que ele deveria fazer 3 counts, o fez, dando a vitória a Angle. Isso não era parte do script, Puder tentou ter uma vantagem contra Angle sabendo que Angle não saberia se defender contra uma submissão da qual ele nunca havia sido vítima até aquele ponto.

Steven Seagal vs. Mr. Perfect

De volta a quando Seagal era um grande nome nos filmes de ação, assim como Mr. Perfect era um grande nome no mundo do pro-wrestling, Seagal estava em um aeroporto, Perfect também estava ali. Perfect viu Seagal, vagando por ali, e pediu um autógrafo. Seagal e Perfect ficaram conversando e vários fãs começaram a se reunir ao redor deles, uma vez que um era uma estrela de cinema e o outro um lutador muito popular, ambos no mesmo lugar, ao mesmo tempo. Então, Seagal, decidiu brincar/parecer melhor que Mr. Perfect, ele aplicou uma espécie de wristlock do aikido, dizendo que ele era “melhor do que Perfect (melhor do que a perfeição). Perfect, sendo ex-All American e um grande atleta e wrestler, apenas reverteu o golpe de Seagal com muito mais força, Seagal ficou de joelhos e em seguida, saiu rapidamente da área, enquanto Perfect recebeu a alegria dos fãs.

Joey Styles vs JBL

JBL estava pregando peças em todos durante uma viagem da WWE para o Iraque. Primeiro despejou um balde de gelo na ring announcer Lilian Garcia enquanto ela estava dormindo, depois foi atrás do ex-comentarista da ECW Joe “Joey Styles” Bonsigore. Durante toda aquela semana, Styles foi vítima das brincadeiras de JBL, que teria gasto todo o seu tempo no Iraque severamente intoxicado.

Styles, aparentemente, não aguentava mais, então criticou JBL e logo após acertou um soco que fez com que JBL caísse e ficasse com um corte e um hematoma no olho, o que era pouco visível sob maquiagem pesada no Monday Night Raw. De volta aos EUA para o RAW, JBL passou a maior parte da noite em sua locker room, bem tranquilo e passou a maior parte do tempo trocando emails em seu Blackberry.

Publicidade


O site WWEBrasil.com.br foi criado com a proposta de fornecer ao leitor os melhores artigos sobre pro-wrestling, em especial sobre a WWE.

Leia também

  • Sóstenes – Toty

    Poxa… o video do Hulk Hogan vs Shawn Michaels Highlights – Summerslam 2005 não tá funcionando… deve ter sido uma treta legal!
    Ótimo Post!