Entrevista de Rey Mysterio ao The Sun; “Eu nunca pensei que seria o campeão”

Rey Mysterio afirma que não esperava um dia se tornar campeão mundial da WWE e dá os créditos a Pat Patterson, por convencer Vince McMahon a dar-lhe uma chance.

O astro mascarado de apenas 1,68 de altura sempre foi considerado uma atração especial pelos chefes das empresas de pro-wrestling — mas muito pequeno para ser a atração principal.

Rey Mysterio vence o Royal Rumble 2006
Porém, após a morte de seu grande amigo Eddie Guerrero, em 2006, tudo mudou. Em sua autobiografia “Behind The Mask”, Mysterio revela: “Era o Royal Rumble, em janeiro, e o vencedor iria ganhar uma chance pelo world heavyweight title (título de pesos pesados) no WrestleMania. Eu não só venci, como também estabeleci um novo record pelo maior tempo em uma royal rumble match, 1:02:12. Eu levantei minhas mãos parao céu, dedicando minha luta para Eddie. Muitas coisas me ajudaram nessa jornada até o cinturão. A multidão e também Eddie, estavam certamente do meu lado.”

Em outro trecho, Rey dá os créditos a Pat Patterson: “E eu realmente tenho que dar todos os créditos a Pat Patterson, que desempenhou um grande papel nos bastidores para que eu pudesse receber esse “push”, dizendo que eu seria um bom campeão. Na época, Pat era um produtor e consultor para a WWE. Os fãs mais antigos vão lembrar que ele era um grande superstar como wrestler, também como comentarista. Eu não sei o que Pat viu em mim. Talvez tenha sido o meu profissionalismo. Talvez tenha sido o meu amor por este negócio e, também, a paixão dentro de mim. Talvez ele tenha gostado do meu estilo ou achou que eu seria capaz de fazer algo novo e inesperado para a empresa. Seja o que for, ele conseguiu convencer as pessoas chaves da WWE, incluindo Vince.”


Então completa: “Eu não sabia sobre nada disso até pouco depois do Rumble, quando fui chamado para uma reunião com os executivos.”

“Você vai ser o campeão dos pesos pesados”, me disseram. “Oh, meu Deus”, eu respondi.

Depois de uma feud polêmica com Randy Orton entre o Rumble e o WrestleMania, Mysterio enfrentou Orton e o atual campeão Kurt Angle no WrestleMania 22 em 2 de abril de 2006, em Chicago.

Ele continua: “Antes da luta, estava falando sobre a mesma com o Randy. Ele sugeriu que eu fizesse o West Coast Pop, para encerrar a luta.”

“Ele chamou de “aquela coisa que você faz”.

“Eu disse para ele como ficar no local correto, como uma base, e nós combinamos como o finisher iria sair. Agora, no ringue, ele estava lutando arduamente com Kurt. Eis que eu mandei Kurt para fora do ringue e depois Randy para a cordas. Hora do 619. Atravessei o ringue, usei as cordas e chutei sua cara. Então subi nas cordas e executei um West Coast Pop.”

Rey acerta um 619 em Randy Orton
“Ele me pegou lindamente. Em seguida eu fiz o pin. Dentro de mim, eu estava pensando, oh meu Deus, é agora.”

“O árbitro colocou o cinturão em minhas mãos. Eu fui para o canto, subi no turnbuckle, chamando minha esposa e meus filhos. Então eu me ajoelhei e orei no ringue.”

“O momento foi incrível. Não houve atuação. Foi tudo emoção, tudo real”, finaliza Rey Mysterio.

Publicidade

Publicidade


O site WWEBrasil.com.br foi criado com a proposta de fornecer ao leitor os melhores artigos sobre pro-wrestling, em especial sobre a WWE.

Leia também

  • kauan

    oi voce do wwe eu gosto de voes eu assist voces