As 5 melhores Royal Rumble Matches

Em todos esses anos de Royal Rumble, vimos lutas sensacionais, com finais chocantes e emocionantes. Confira as 5 melhores Royal Rumble matches.

Observamos os padrões e os arquétipos que dão forma ao Royal Rumble, dando prioridade para as histórias e os lutadores que conseguiram nos entreter, bem como nos deixaram impressionados ou emocionados.

Sabemos que um dos dois primeiros participantes ficarão ao menos até próximo do final da luta. Esperamos feuds começarem, retornos surpresas de lutadores que não vemos há anos, seções de comédia que são realmente engraçadas às vezes. O Royal Rumble é um dos grandes pay-per-views da WWE por esses e outros ingredientes. Reunimos nesta lista os 5 melhores Royal Rumble na história da WWE.

Publicidade

Royal Rumble 1992



O Royal Rumble de 1992 ainda serve como modelo para todos. Ele teve talvez a maior participação de grandes astros de todos os tempos, com lendas como Ric Flair, Roddy Piper, Ted DiBiase, Kerry Von Erich, Randy Savage e Hulk Hogan lutando contra aqueles que seriam grandes um dia, como Shawn Michaels, The Undertaker e Sid Vicious.

Claro que a estrela do show foi Ric Flair. Um dos maiores de todos os tempos acabara de chegar da wCw e praticamente toda a luta foi criada como uma forma de apresentá-lo ao público da WWE. Ele entrou em #3 e durou quase uma hora, vencendo não apenas o Royal Rumble, mas o também vago WWE World Championship. Cada lutador que entrava na luta atacava Flair, o arrogante forasteiro que queria ganhar o maior título da empresa após alguns meses na mesma. Talvez o único problema na luta foi Flair não ter eliminado o último concorrente – Sid Vicious. Hogan que o fez, mesmo após ser eliminado. Uma das maiores performances da lendária carreira de Ric Flair.

Royal Rumble 1998



O Rumble de 1998 foi um grande momento da Attitude Era. Uma mistura estranha do velho e do novo, com lutadores como Ahmed Johnson, os irmãos Godwinn, Marc Mero, Goldust, os membros da Nation of Domination, os Los Boricuas, Vader e Ken Shamrock. Até mesmo Honky Tonk Man estava lá, mas os destaques mesmo foram The Rock e o vencedor “Stone Cold” Steve Austin.

Hoje, este Royal Rumble é lembrado por três coisas: Foi o Rumble que Mike Tyson assistiu do camarote de Shane McMahon, torcendo muito por Owen Hart e Steve Austin. É também o Rumble onde Mick Foley entrou com três personagens diferentes – Mankind, Cactus Jack e Dude Love. E, claro, o mais importante, esse Rumble vencido por Steve Austin, que o levou ao main event do WrestleMania XIV, que culminaria em seu primeiro WWE World Title. Não havia nenhuma dúvida de que Austin era o futuro da companhia.

Publicidade

Royal Rumble 2000



Esse Royal Rumble começou com lutadores do lower e mid-card estabelecendo a natureza da luta, tendo como resultado um dos momentos de comédia mais adorados pelos fãs, quando Rikishi e o Too Cool ficaram sozinhos no ringue e começaram a dançar. Eis que tudo muda quando Rikishi elimina os próprios amigos. Até que todos se juntam para eliminá-lo. Depois temos um mix entre o passado e o futuro, com Big Boss Man, Davey Boy Smith, Bob Backlund, Chris Jericho e Edge aparecendo.

O ginásio enlouqueceu quando The Rock, favorito para vencer, finalmente entrou em #24. Big Show tentou vencer, mas naquela noite nada superaria The Rock, que fez daquele um dos melhores Royal Rumble por sua ligação com o público, que o carregou até a vitória.

Royal Rumble 2001

stone-cold-vs-kane-royal-rumble-2001
Esse foi um dos melhores não só por ser o último da era de ouro da WWE. A WWE vivenciava o maior sucesso de sua história. Mas no papel, o Royal Rumble 2001 não devia funcionar. O primeiro terço da luta foi totalmente sem sentido. E sim, esse foi o Rumble que Drew Carey participou. Todo o hardcore presente foi ruim, mas algo diferente para a luta.

O sucesso do Rumble 2001 foi graças ao clássico de uma boa luta neste estilo. Ela tinha um bom roster, uma entrada chocante graças à Haku (que era atual campeão na wCw), um bom final e um vencedor que era uma verdadeira lenda amada pelos fãs.

Royal Rumble 2008



Um dos mais amados e também odiados superstars da história é John Cena, ele que venceu o Royal Rumble de 2008, após uma aparição que levou a multidão ao delírio. Em outubro de 2007, Cena sofreu uma lesão muscular ao aplicar um hip toss em uma luta. Ele não voltaria antes do verão seguinte, devido ao fato de que uma lesão desse tipo leva entre 7 meses e 1 ano para se recuperar.

Eis que no Rumble de 2008, o último homem a entrar era John Cena, o Madison Square Garden perdeu a cabeça coletivamente graças ao retorno de Cena. E então Cena eliminou Triple H para vencer o seu primeiro Royal Rumble.

Publicidade


O site WWEBrasil.com.br foi criado com a proposta de fornecer ao leitor os melhores artigos sobre pro-wrestling, em especial sobre a WWE.

Leia também