As 10 coisas mais chocantes que já aconteceram na WWE

Muitas coisas malucas têm acontecido ao longo dos anos na WWE. Compilamos uma lista de momentos que possuem o que muitas pessoas chamam de fator “Oh my God”.

Muitas coisas malucas têm acontecido ao longo dos anos na WWE, fazer uma lista com 10 dessas coisas é muito difícil, mas compilamos uma lista de momentos que acreditamos ter o fator “choque” ou o que muitas pessoas chamam de fator “Oh my God”. Variamos esses momentos para que os leitores possam ver momentos diferentes de épocas diferentes.

Publicidade

10. Shane McMahon na WCW

Shane McMahon no WCW Nitro
Era o último RAW antes do WrestleMania 17, e Vince McMahon comprou a rival WCW. Ou pelo menos parecia ser isso. Para os fãs que não tinham internet foi chocante ver Vince McMahon abrindo o RAW e o Nitro, mas o que aconteceria no final da noite iria chocá-los ainda mais. O RAW estava sendo transmitido simultaneamente com o Nitro, com direito a Vince McMahon atacando a WCW verbalmente e demitido Jeff Jarrett. Chegando no fim da noite, Vince estava enterrando a WCW e colocando a WWF por cima como ninguém, eis que no titantron, diretamente da cidade do Panamá, aconteceu algo que chocou o mundo do wrestling.

Shane McMahon, filho de Vince, que iria enfrentar o pai em 6 dias, no WrestleMania 17 em uma street fight, apareceu no Nitro. Que tecnicamente era um ringue da WWE, visto que eles já tinham comprado a WCW. Shane anunciou que sim, o contrato de compra da WCW estava no nome de um McMahon, mas esse McMahon não era Vince e sim ele próprio, Shane.

Ninguém sabia se Shane poderia antagonizar seu pai, isso levou a feud para um nível totalmente novo e deixou todos animados, pois ninguém sabia o que ia acontecer em relação a WCW. Todos estavam bem e verdadeiramente chocados que um WWF superstar, filho do dono da empresa rival, agora estava no comando da WCW e pronto para rivalizar com o próprio pai.

9. Debut da Nexus

John Cena confronta a stable Nexus
Em 06 de junho de 2010, sete nomes relativamente desconhecidos chocaram o mundo do wrestling profissional. O vencedor da 1ª temporada do NXT, Wade Barrett, apareceu no stage durante o main event, para surpresa de todos. A luta que naquela ocasião era John Cena vs CM Punk. Então, de repente o resto dos rookies do NXT apareceram ao redor do ringue. Eis que então eles cercaram o ringue e começaram a devastar tudo.

Eles destruíram o ringue, deram a John Cena a pior surra que ele havia levado em sua carreira inteira. Naquela época, a WWE estava ficando chata com a perca de estrelas como Shawn Michaels e Batista, essa invasão da Nexus deixou todos chocados e deu-lhes uma razão para assistir de novo.

8. Edge faz o primeiro cash-in

Edge faz cash-in em John Cena
Isso pegou TODOS desprevenidos. Ninguém havia compreendido plenamente as regras do Money In The Bank contract. Fomos informados de que você poderia fazer “cash-in” “a qualquer hora, em qualquer lugar”. Mas, naquele ponto, a maioria das pessoas pensava que você teria que escolher a data e o lugar com antecedência. Mal sabiam que as palavras “a qualquer hora, em qualquer lugar” eram literais.

John Cena tinha vencido uma sofrida e cansativa Elimination Chamber match. De repente, Vince McMahon aparece e diz que a noite ainda não acabou e ainda teriamos outra luta. Ele disse que Edge iria fazer cash-in usando seu contrato e haveria uma outra luta pelo WWE title ali mesmo. Edge veio até o ringue e acertou Cena com duas poderosas spears, a primeira da qual John Cena deu kick-out, já na segunda, ele não conseguiu. Edge tornou-se o novo WWE champion, as palavras de Joey Styles descreveram bem aquele momento: “Edge has shocked the world (Edge chocou o mundo)!”.

7. CM Punk’s Pipebomb

CM Punk pipebomb
Em 27 de junho de 2011, CM Punk fez provavelmente a melhor promo em anos e desencadeou um inacreditável ataque verbal sobre Vince McMahon e a WWE. Punk disse coisas incríveis, afirmando coisas como “eu gosto de pensar que essa companhia vai melhorar quando Vince McMahon estiver morto” e que estaria saindo da WWE com o WWE title no Money In The Bank e talvez ele fosse “defendê-lo na NJPW ou talvez iria voltar para a Ring Of Honor”.

No fim, o microfone de CM Punk foi cortado pouco antes dele dizer a todos a verdade sobre toda aquela “campanha anti-bullying”. Uma tela preta sem o logo da WWE (o que não é comum) apareceu, indicando o fim improvisado do Raw. Imediatamente, a internet explodiu. CM Punk esteve no topo dos assuntos mais comentados do twitter, milhares de comentários surgiram. Ninguém sabia dizer se a promo era algo real ou combinada. É seguro dizer que CM Punk chocou o mundo de uma forma da qual nenhum superstar havia conseguido em muito tempo.

6. Mankind vs. Undertaker – Hell In A Cell Match

Mankind vs Undertaker - Hell In A Cell - King Of The Ring 1998
Todos sabem que Mick Foley era um grande louco, mas essa luta fez com que esse termo fosse a outro nível. Esse combate é talvez lembrado pela maioria dos fãs pelo spot do qual Undertaker joga Mankind (Mick Foley) do topo da cell (cerca de 5 m) sob a mesa dos comentaristas espanhóis e também pelos comentários lendários de Jim Ross. Ninguém acreditava que Foley iria sair da maca e continuar a luta, ainda mais fazer outros grandes spots, como levar um chokeslam de cima da cell que o faria cair no ringue, batendo a cabeça em uma cadeira.

Undertaker venceu a luta, mas não acho que os fãs irão sempre lembrar dessa luta por isso. Também será lembrada por JR quebrando a kayfabe em seus épicos comentários: “Good God almighty! Good God almighty they killed him! As God is my witness, he is broken in half!”.

5. O primeiro colapso no ringue

Big Show e Brock Lesnar
Os dois gigantes do SmackDown foram jogados um contra o outro no main event pelo WWE title. Brock Lesnar e Big Show estavam tendo uma boa luta, mas nunca teria sido lembrada por não ter praticamente nada de especial, até Big Show segurar Brock Lesnar para aplicar um chokeslam no mesmo e subir no turnbuckle, para um possível avalanche chokeslam. Porém, Lesnar conseguiu sair do hold e, após alguns socos, segurou Big Show em posição para um suplex. Ninguém nunca havia conseguido aplicar um superplex em Big Show, mas Lesnar era uma aberração, ele desafiava a lógica. Eis que Lesnar consegue fazer um superplex em Show, levando o ringue a ser quebrado, com direito a uma reação fenomenal por parte da torcida.

Por motivos óbvios, a WWE decidiu refazer esse feito no Vengeance 2011, a vítima dessa vez também era Big Show, mas ao invés de Lesnar, quem aplicou o superplex foi Mark Henry. No entanto, a primeira vez que aconteceu esse colapso no ringue será mais lembrada, seja pela reação da crowd, pela reação da mídia e principalmente porque ninguém nunca tinha visto nada como aquilo, até aquele momento.

Publicidade

4. Stone Cold se tornando heel

Stone Cold Steve Austin e Mr. McMahon
Era o auge da Attitude Era. A maior rivalidade do final dos anos 90 e início dos 2000 tinha acabado, da maneira mais chocante possível. Stone Cold havia feito um pacto o diabo em pessoa, Vince McMahon. O homem pelo qual ele foi hostilizado por anos, o homem que ele e todos os outros desprezavam. Austin estava lutando contra The Rock no main event do WrestleMania 17, sem dúvida, a maior luta de todos os tempos até então.

As duas maiores estrelas de sua geração foram colocadas umas contra as outras para ver quem era o melhor. Porém, terminou de uma forma da qual ninguém nunca iria imaginar. Vince McMahon veio até o ringue, mas ninguém sabia para quê. A maioria das pessoas esperava que ele fosse ajudar The Rock, devido ao fato de que eles foram aliados na época da The Corporation. Mas não, ele ajudou Austin. Atacou Rock com uma cadeira e, com isso, Austin ganhou o título e comemorou co McMahon.

Todos estavam esperando que ele aplica-se um stunner em Vince para fechar o show, indicando que ele usou e abusou dele, mas isso nunca aconteceu.Stone Cold Steve Austin, o superstar mais popular de todos os tempos, havia se tornado heel.

3. A morte de Chris Benoit

Descanse em paz, Chris Benoit
No dia 24 de junho de 2007, Chris Benoit, talvez o lutador mais técnico de todos os tempos, foi encontrado morto, junto com sua mulher Nancy e seu filho Daniel. Na época isso foi uma tragédia enorme, pelo fato de Benoit ser um dos superstars mais queridos e respeitados na WWE. No dia seguinte, o RAW foi ao ar, logo no começo foi exibida uma imagem com a foto de Benoit e com o texto “In Memory of Chris Benoit 1967 – 2007”. Isso pegou muitos fãs desavisados de surpresa, principalmente com Vince McMahon aparecendo (ele teria morrido após sua limosine explodir – kayfabe, e esse Raw seria um especial para relembrá-lo). Vince assumiu que a morte de seu personagem Mr. McMahon era kayfabe e, infelizmente, na realidade, Chris Benoit, sua esposa e seu filho estavam mortos.

Entretanto, Benoit passou de herói para vilão em uma noite, quando a verdade por trás da morte de sua família, tornou-se pública. Chris Benoit havia matado sua esposa e seu filho e depois se suicidado. Após isso, Vince McMahon veio a público e embaraçosamente afirmou que a WWE nunca mais iria mencionar Benoit seja na televisão ou em qualquer um de seus produtos.

Isso também fez com que a WWE muda-se a direção de seu produto para o estilo PG que vemos hoje. Sem contar que isso forçou a WWE a cuidar mais de seus talentos, resultando na proibição de sangramentos durante as lutas, cadeiradas diretamente na cabeça (chair shots) e também a introdução de uma política de bem-estar bem rigorosa.

2. Montreal Screwjob

Montreal Screwjob
Bret Hart, a grande estrela da WWF dos anos 90, estava deixando a empresa. Hart estava indo para a WCW. Com isso, Vince queria que Bret – até então o atual WWF Champion, após vencer Undertaker, perdesse o título para Shawn Michaels no Survivor Series. O problema era que o PPV Survivor Series estava para acontecer no país natal de Bret, o Canadá, especificamente na cidade de Montreal, onde a torcida o amava. Bret não concordou em perder o título para Michaels naquele dia, pois queria se despedir da torcida com uma vitória e aceitaria perder o título no RAW seguinte. Após isso iria sair. Vince no início não concordou, mas depois mudou de ideia e aceitou. Hart estranho, pelo fato de McMahon dificilmente mudar de ideia, a verdade é que Vince estava com medo de que Bret não cumprisse seu acordo e prejudicasse a empresa, com isso bolou outros planos, sem que Hart tivesse ideia.

Já na luta, foi concordado que a luta terminaria em double DQ, resultando em Bret continuar com o título, porém não foi isso que aconteceu. Vince se encontrou secretamente com Shawn Michaels e o árbitro Earl Hebner e disse a eles para que quando Shawn aplicasse o sharpshooter em Bret, Hebner iria mandar tocarem o sino, indicando que Bret Hart teria dado tap out, assim perdendo a luta. Hebner fez isso. Shawn Michaels venceu Bret, que não acreditava no que haviam feito para ele.

Enquanto Hebner fugiu para seu hotel a pedido de McMahon, outros oficiais da WWE pediram para que Shawn Michaels fosse para os backstages, enquanto Vince foi para o ringue. Hart cuspiu no rosto de McMahon, gesticulou as siglas WCW e fez um gesto de modo com que deixava claro que estava de saída. Após isso Vince se trancou em seu escritório, Bret tentou invadir mas foi parado por British Bulldog e seu irmão Owen.

Undertaker, furioso com McMahon, começou a esmurrar a porta, para que o mesmo a abrisse, quando Vince apareceu, Taker disse ao mesmo que ele devia pedir desculpas para Bret. McMahon foi até o vestiário onde Hart estava e tentou se explicar, Hart estava muito nervoso e disse para ele sair imediatamente dali ou ele corria risco de levar um soco. Vince continuou e Hart acertou McMahon com um único soco, que de tão forte partiu o queixo de Vince e fraturou o braço de Bret.

Isso marcava o fim da relação de 14 anos entre Hart e a WWF. Hart não apareceria ao vivo na mesma durante 12 anos, até que em 4 de janeiro de 2010, Bret voltou a WWE, onde faz aparições regulares desde então.

1. Morte de Owen Hart

Owen Hart
Owen Hart tinha medo de altura e mesmo assim foi lá e performou a sua entrada, na qual ele descia pendurado em um cabo até o ringue. O que ninguém jamais imaginaria era que iria acontecer uma tragédia que afetaria todo o mundo do wrestling profissional. Houve uma falha e Owen despencou de aproximadamente 25 metros de altura (8 andares), a uma velocidade de 80 km por hora, o que nos leva a 22 metros por segundo. O que óbviamente significa que ele se chocou contra o ringue em pouco mais de um segundo.

Owen foi levado ao hospital mais próximo, onde já chegou sem sinais vitais. Um dos médicos chegou a declarar o óbito no local do evento, mas ninguém quis levar a sério, todos ainda acreditavam em um milagre, que não chegaria a acontecer.

Naquele dia falecia Owen Hart, que deixará sua mulher, 2 filhos, milhões de fãs pelo mundo inteiro e, principalmente, um legado repleto de excelentes lutas e uma paixão imensurável pelo pro-wrestling.

Publicidade


O site WWEBrasil.com.br foi criado com a proposta de fornecer ao leitor os melhores artigos sobre pro-wrestling, em especial sobre a WWE.

Leia também

  • Rafa Clau

    Muito bom o artigo! Parabéns!

  • Fuda-se

    Caraio fds