A triste história de Virgil

Conheça a triste história de Virgil, ex-superstar da WWE que tenta vender seus autógrafos em eventos, convenções e até no metrô, porém dificilmente consegue.

Existem vários eventos, convenções e afins em que ex-estrelas do mundo da luta livre comparecem para levantar dinheiro. Muitos deles não conseguiram manter o sucesso que tiveram em seu auge. Este é o caso de Virgil, o eterno braço direito de Ted DiBiase.

Virgil
Nesses eventos, principalmente quando o tema é luta, existem uma infinidade de coisas para comprar, são muitos stands, e sempre entre eles está Virgil, em uma mesa que todos parecem ignorar. Ele sempre está tentando vender suas fotos autografadas.

Sim, o mesmo Virgil que era guarda-costas de Ted DiBiase antes de ir para a wCw e depois voltar para a WWE. O mesmo Virgil que tinha um action figure feito pela Hasbro nos anos 90. O mesmo Virgil que comparece em inúmeras exposições e convenções, e é tão desprezado que Lonely Virgil nasceu. O mesmo Virgil que segundo o DeadSpin, foi visto na estação de metrô da Times Square tentando vender suas mercadorias.

No filme The Wrestler, o personagem de Mickey Rourke se vê em uma sala cheia de ex-lutadores velhos, acabados e faz um balanço da vida de cada um. É um momento comovente, que define a vida de muitos ex-lutadores que foram esquecidos.

Publicidade

Publicidade

“Ele é louco por dinheiro”, disse uma pessoa que já encontrou Virgil em vários eventos. “Por anos e anos ele foi o sidekick de Ted DiBiase, depois ele foi para a wCw e entrou para a NWO. Então, ele começou a ir para toda e qualquer evento relacionado ao pro-wrestling, sendo seu próprio vendedor. Ele literalmente vai a todos os eventos. Então ninguém quer saber dele ou quer comprar algum de seus produtos por que ele está sempre por perto. Entre os colecionadores de autógrafos, quando você não necessita do autografo de alguém, o termo usado é que a pessoa em questão foi “Virgilizada” (Virgilized).

“Ele começa pedindo 30 dólares por um autógrafo, mas negociando você consegue levar por 5. Ele também muitas vezes usa placas dizendo que outros lutadores vão juntar-se a ele, mas isso nunca acontece.”

“É triste vê-lo como um mendigo”, diz a pessoa que viu e tirou fotos de Virgil no metrô. Se ele ao menos pedisse preços razoáveis, estaria ganhando bem. Ele é basicamente como Mickey Rourke no filme”.

Publicidade


O site WWEBrasil.com.br foi criado com a proposta de fornecer ao leitor os melhores artigos sobre pro-wrestling, em especial sobre a WWE.

Leia também

  • Rodrigo Chaves

    😭😭😭😭😭😭