5 lutadores da WWE que faliram

Um lutador da WWE pode ganhar muito dinheiro ao longo de sua carreira, mas isso não significa que ele irá ter uma vida financeira saudável após sua aposentadoria.

É um problema que abrange toda da indústria dos esportes e entretenimento. Como as pessoas que recebem salários tão altos se encontram em problemas financeiros quando suas carreiras terminam? No mundo da luta livre esse problema é ainda mais difícil.

Considere que os lutadores tradicionalmente tiveram que pagar suas próprias despesas com viagens, e quando você está na estrada por mais de 250 dias no ano, isso se torna um grande problema. O resto depende da escolha do lutador em como usar seu dinheiro: Os experientes geralmente fazem alguns investimentos inteligentes a longo prazo, iniciam algum negócio paralelo ou apenas economizam o máximo que puderem. Há um velho ditado na luta livre que não é o que você faz, mas sim o que você economiza. Viver um estilo de vida que exceda sua renda pode rapidamente causar problemas financeiros, especialmente quando sua renda deixa de fluir. Isso não se aplica apenas à luta profissional; Isso se aplica a todos.

A vida na luta livre não é toda desgraça e tristeza, que foi retratada em filmes como “O Lutador (2008)” ou mesmo na mídia mostrando a luta livre por um lado ruim. Entretanto, é uma verdade triste que muitos lutadores tenham sucumbido a problemas financeiros devido à luta contra problemas com álcool ou drogas, ou simplesmente por ser muito laxista com seu dinheiro. Aqui estão alguns lutadores que enfrentaram esses problemas e quebraram.

Publicidade

5. Virgil

Virgil
Embora nunca tenha sido uma grande estrela na WWE no seu auge, Virgil trabalhou para a empresa no meio de um período de grande crescimento e você pensaria que ela teria guardado o suficiente para uma vida confortável.

No entanto, várias histórias surgiram sobre Virgil buscando convenções para assinar e vender autógrafos (inclusive temos um artigo mais detalhado sobre isso: A triste história de Virgil). Há mesmo um site que mostra Virgil com seus stands sempre vazios em eventos.

No ano passado, ele estava mesmo em uma estação de metrô tentando vender alguns produtos seus. Ele ficou conhecido como o guarda-costas de Ted DiBiase na WWE, mais tarde se junto a New World Order na wCw.

Virgil cobra um valor muito alto por um autógrafo em convenções e às vezes é abrasivo com os fãs. Muitas vezes ele diz que outros lutadores se juntarão a ele, mas eles nunca o fazem.

4. Perry Saturn

Perry Saturn
Apesar de Perry Saturn estar bem financeiramente agora, ele esteve em apuros por alguns anos. Saturn, é claro, ficou conhecido por seu trabalho na ECW e na wCw, tendo algumas grandes rivalidades com Chris Jericho, Dean Malenko e Raven. Depois de ter sido informado que não tinham grandes ideias para ele na wCw, ele rapidamente começou a negociar com a WWE e deixou a wCw junto com Eddie Guerrero, Dean Malenko e Chris Benoit em janeiro de 2000 para estrearem com os Radicalz. Eventualmente, Saturn recebeu uma das piores gimmicks de sua carreira. Algum tempo depois foi demitido da WWE enquanto se recuperava de uma lesão no ligamento cruzado anterior.

Em 2004, Saturn realizou um ato heroico que marcaria sua aposentadoria dos ringues. Uma mulher estava sendo atacada por dois homens que tentavam abusá-la, Saturn a ajudou e foi baleado na parte de trás do pescoço e no ombro. Ele tentou retornar aos ringues meses depois, mas os médicos decidiram que ele não deveria mais lutar.

Ele desapareceu silenciosamente do olho do público por vários anos. Sua família e amigos não conheciam seu paradeiro e muitos especularam que ele poderia estar morto. Saturn eventualmente ressurgiu em 2009 e se casou novamente. Ele revelou que lutou com vários vícios e virou sem-teto por alguns anos. É especialmente triste considerando que muitos de seus problemas começaram com um ato corajoso.

3. Jake ‘The Snake’ Roberts



A transformação de Jake Roberts nos últimos anos foi uma das melhores boas histórias do mundo da luta livre. Roberts estava quebrado, lutando contra a dependência de drogas e álcool, e parecia estar perto da morte. Ele mesmo disse que havia dias em que ele implorava a Deus para levá-lo. Ele estava fazendo tudo o que podia para ganhar dinheiro, que rapidamente era desperdiçado em seus vícios, deixando-o em um buraco financeiro.

O bom amigo de Roberts, Diamond Dallas Page, veio em sua ajuda, oferecendo-se para levar Roberts para sua casa e ajudá-lo a limpar sua vida. DDP conseguiu deixar Roberts saudável com o seu programa DDP Yoga. A redenção de Roberts veio quando ele foi induzido no Hall da Fama da WWE e deu talvez o discurso mais sincero e apaixonado na história do evento.

Roberts teve um câncer muscular em seu joelho, mas foi encontrado rapidamente e removido. Ele agora se declarou livre do câncer dizendo: “se o diabo não conseguiu me vencer, então o câncer nunca teria chances.”

No que diz respeito aos problemas dele, Roberts lutou constantemente contra o vício, entrando e saindo da reabilitação e tendo que continuar a lutar para conseguir sua vitória. Basta dizer que cada fã da luta livre está grato de que ele está bem e nas boas mãos de DDP. Ele agora luta ocasionalmente na cena independente, obviamente em uma melhor forma do que há alguns anos.

Publicidade

2. Scott Hall


Scott Hall é outra das transformações surpreendentes de DDP. Hall enfrentou um relacionamento tenso com seu filho, estava lutando contra o vício e mal podia andar, mas como vimos em sua introdução ao Hall of Fame, o cara mal está de volta.

A popularidade de Hall na luta livre decolou quando ele foi para a WWE em 1993 e interpretou o brilhante Razor Ramon, rapidamente se transformando em um dos favoritos dos fãs. Seu sucesso na wCw com a New World Order levou sua carreira a outro nível, que não duraria muito.

Os problemas de Hall foram remontados até o final dos anos 90, quando a wCw fez uma história desagradável sobre os demônios de Hall. Durante o enredo, ele foi preso várias vezes. Sua esposa Dana se divorciou dele, citando-o como incapaz de controlar seus problemas.

Scott Hall esteve em reabilitação várias vezes e teve até mesmo um marcapasso e um desfibrilador implantado em seu peito quando começou a sofrer com problemas cardíacos. O “E: 60” da ESPN fez um especial sobre Hall, documentando seus problemas financeiros e vícios que o afastaram seu sua família.

Diamond Dallas Page levou Hall para sua casa no passado e colocou-o no mesmo programa rigoroso que Roberts fez parte. Ele até mesmo iniciou uma arrecadação de fundos na internet, que arrecadou mais de 110 mil dólares dos fãs para pagar uma cirurgia no quadril e trabalho dentário para Hall. Isso deu a ele uma motivação extra para levar sua vida ao bom caminho. Ver Scott Hall em boa forma, de volta ao seu antigo eu no Hall of Fame foi tão gratificante para todos seus fãs.

1. Ric Flair


A longa carreira de Ric Flair devia tê-lo deixado como um dos lutadores vivos mais ricos, mas Flair viveu constantemente um estilo de vida de alta octanagem, que lhe causaram muitos problemas.

Flair passou por quatro divórcios, várias questões legais e, acima de tudo não conseguiu se afastar das “luzes” da fama.

Ele aparentemente se aposentou da luta livre depois de uma luta de despedida contra Shawn Michaels no WrestleMania XXIV. Ele rapidamente voltou a lutar e ficou na TNA por alguns anos.

Flair tem sido conhecido por viver extravagantemente; comendo nos melhores restaurantes, comprando rodadas de bebidas para fãs, alugando boates inteiras para suas festas.

Essas atividades o deixaram em dívida constante. A Highspots Inc processou Flair, dizendo que ele nunca pagou os 35 mil dólares que eles emprestaram. Flair enfrentaria 90 dias na prisão, mas felizmente alguém veio em sua ajuda e pagou sua dívida.

Felizmente, desde então, Flair lançou seu próprio energético que o ajudou a se recuperar financeiramente.

Flair está de volta trabalhando com a WWE, e a empresa parece disposta a trabalhar com ele, desde que ele fique sem problemas em sua vida pessoal. É preciso perguntar se Flair poderá simplesmente relaxar e aproveitar a aposentadoria ou se ele sempre terá que viver a vida na pista rápida. Talvez agora que sua filha Charlotte dará a motivação para ele estar sempre lá ao seu lado. Todo fã de wrestling que aprecia a história do negócio tem respeito pelo que Flair fez.

Agora é esperar que os aspirantes a lutadores perceba que as carreiras são limitadas e eles precisam pensar sobre planejamento financeiro e o que eles farão com o dinheiro depois da aposentadoria. Se você olhar para os lutadores mais ricos de hoje, eles são ricos porque investiram seu dinheiro com sabedoria e não o jogaram fora quando viviam uma vida na estrada. Muitos têm suas próprias empresas paralelas e garantiram-se a estabilidade financeira em sua vida após o ringue.

Publicidade


O site WWEBrasil.com.br foi criado com a proposta de fornecer ao leitor os melhores artigos sobre pro-wrestling, em especial sobre a WWE.